Voltar

Adro da Sé

40.660006, -7.911434

O Adro da Sé assume-se como uma das mais belas praças do nosso país. É dominada ao centro por um cruzeiro oitocentista com as armas do bispo D. Júlio Francisco de Oliveira. O adro surge como um espaço apenso à catedral, preferencialmente utilizado para cerimoniais litúrgicos como a realização de procissões ou o recebimento de um novo bispo. O caráter sacro confere ao Adro uma outra funcionalidade, a de cemiterial. No seu interior, encontram—se sepultadas as nossas primeiras gerações, pais e avós que deram forma à cidade, que lhe conferiram personalidade e identidade.

Sabia que… Este espaço era fechado por um largo muro demolido no séc. XVI e com a sua pedra se edificou o Mosteiro de S. Bento, no Largo Mouzinho de Albuquerque?

  • - - -

  • - - -

  • - - -