Voltar

D. RAMIRO II

(900-965) - rei de Leão

Figura central da Lenda de Gaia, Ramiro II foi rei de Leão a partir de 931 e obteve importantes vitórias contra os exércitos muçulmanos, consolidando a fronteira do seu reino a sul do Douro. Antes, após a morte do seu pai Ordonho II, na partilha do reino entre os diversos herdeiros coube-lhe o governo do sul da Galécia, território que incluía terras portucalenses entre o Douro e o Mondego. Assumindo o título de rei, instalou a sua corte em Viseu, entre 926 e 931, em mais uma demonstração do valor estratégico desta urbe durante o século X.
Ramiro II Está presente no brasão municipal de Viseu, cuja simbologia remete para a Lenda de Gaia, narrada por Almeida Garret. No brasão, surge tocando uma buzina nas ameias de um castelo. No lado oposto da fortaleza, banhada por um rio, observa-se um pinheiro, que representa o pinhal onde estariam ocultos os soldados que o acompanharam de Viseu e que aguardavam o seu sinal para invadir a fortaleza.