Voltar

Cava de Viriato

40.665270, -7.911839

A Cava de Viriato é uma das mais emblemáticas obras de engenharia da terra dos sécs. IX-X conservada da Península Ibérica. Associada a um propósito militar, subsistem muitas dúvidas sobre quem mandou erigir tão possante monumento, sendo certo que a sua associação a Viriato não passa de uma lenda. A Cava de Viriato é um monumento de planta octogonal, com 32ha de área, sendo constituído por oito taludes em terra com 250m de comprimento cada, associados a fossos de água com 16m de largura e 4m de profundidade.
Teria sido uma “cidade acampamento” muçulmana associada às campanhas militares do general muçulmano Almançor ou corresponderá à intenção dos cristãos em trasladar para aqui a cidade de Viseu, destruída e arruinada no tempo da reconquista? Apenas futuras investigações arqueológicas poderão resolver estas questões.
Atualmente, subsistem muitas dúvidas sobre o porquê e quem foi o autor de tão possante monumento. O certo é que a sua associação a Viriato não passa de uma lenda, apesar do famoso guerreiro lusitano se encontrar representado, em posição de ataque e rodeado pelos valorosos “pastores-guerreiros”, numa estátua de 1940 da autoria de Marianno Benlliure, escultor dos finais do século XIX inícios do XX e o último grande mestre do realismo espanhol. Saiba mais sobre a estátua aqui.

Sabia que… Foi daqui que Almançor partiu com o seu exército para a conquista de Leão em 988, Astorga em 995 e Santiago de Compostela, o bastião da cristandade de então, em 997?

  • - - -

  • - - -

  • - - -