Voltar

Quinta da Cruz inaugura nova exposição e convida visitantes a explorar o conceito de “luz”

“À velocidade da luz” inaugura amanhã e conta com instalações de Ângela Saldanha e Diogo Figueiredo

A Quinta da Cruz, em parceria com a APECV (Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual), inaugura amanhã, pelas 15 horas, uma nova exposição interativa intitulada “À velocidade da luz”.

Da autoria dos artistas Ângela Saldanha e Diogo Figueiredo, a exposição toma a luz, a sua ausência e presença, como principal instigador à reflexão dos visitantes, convidando-os à interação e descoberta. Recorrendo a recursos visuais, mas também sonoros, ambas as instalações visam colocar o público em confronto com a velocidade dos acontecimentos do quotidiano e sobre eles refletir, numa dicotomia entre a fugacidade e a lucidez.

A exposição estará patente até ao próximo dia 31 de março e poderá ser visitada de terça a domingo, entre as 10 e as 13 horas e as 14 e as 18 horas.

Sobre os artistas

Ângela Saldanha é artista com formação académica nas áreas de Média Arte Digital, Artes Visuais, Arte Contemporânea, Educação Artística e Design. As suas obras contemplam um teor artivista, de envolvimento comunitário e de reflexão crítica sobre a sociedade. É vice-presidente da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual (APECV) e elemento do Conselho Europeu da International Society for Education through Art (InSEA).

Diogo Figueiredo, natural de Viseu, iniciou o curso científico-humanístico de artes visuais em 2014, onde desde logo desenvolveu a sua paixão por fotografia. Aos 17 anos, expôs o seu primeiro trabalho interativo de fotografia. Desde então, participou em algumas exposições que permitiram desenvolver o seu trabalho e explorar o mundo da fotografia.