Voltar

Festival de Street Art de Viseu vai criar novas paisagens do “folk”

“Tons da Primavera” regressa de 17 a 20 de maio, com 11 novas intervenções artísticas em espaço público

No ano em que Viseu se assume “Cidade Europeia do Folclore”, a arte pública vai partir à descoberta da memória popular e da etnografia, propondo um vaivém de intervenções artísticas entre a cidade e as freguesias rurais.

Seja através de pinturas murais ou instalações artísticas, “novas paisagens e interpelações irão nascer no espaço público e desafiar à redescoberta da cidade, das freguesias do concelho e das nossas histórias e tradições”, destacou o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, esta quinta-feira, em conferência de imprensa.

Às 28 criações que compõem atualmente o roteiro de street art de Viseu, juntar-se-ão nesta quarta edição do festival, organizado pelo Município e produzido pela VISEU MARCA, 11 novos cartões-de-visita.

“O street art é hoje uma marca criativa de Viseu e um produto de turismo cultural. É uma feliz aposta que nos diferencia”, sublinhou Almeida Henriques.

Sete criadores e quatro coletivos de artistas serão responsáveis pelas novas obras a céu aberto. Dos 16 artistas envolvidos, 10 são estreantes em Viseu. DRAW (Frederico Campos) responsável pelos murais da Rua Augusto Hilário e do Bairro Municipal, é uma vez mais o curador de serviço.

Aos artistas viseenses Ana Seia de Matos, Ergo Bandits, Juliana Ferreira e Carlos Sousa juntam-se artistas vindos de vários pontos do país como DRAW & Contra, Godmess, Glam, Halfstudio, Nuno Pimenta e Nuno Palha AKA Third.

“A dimensão internacional do festival de Viseu é renovada nesta edição”, explicou por seu lado o Vereador da Cultura, Jorge Sobrado. De além-fronteiras, marca presença o artista argentino Eduardo Relero, que executará a primeira pintura 3D de Viseu, numa das portas da Feira de São Mateus, ícone da cultura popular da região.

“Outra das intervenções aguardadas com especial expetativa é a criação de um mural em azulejo”, revelou Jorge Sobrado. A encomenda foi confiada à dupla portuense DRAW & Contra. “No ano da Cidade Europeia do Folclore e da classificação do icónico Painel de Azulejos do Rossio, era irresistível voltar a esta manifestação artística popular”, justificou o autarca.

A criação azulejar será realizada no muro de suporte ao edifício da PSP, contendo mais de 1100 azulejos. A produção resulta de uma parceria com o Município de Ovar, através do seu Centro de Artes e Ofícios.

“Viseu retribuirá esta oferta com uma pintura mural na cidade de Ovar”, adiantou Almeida Henriques.

São cinco as freguesias no entorno da cidade que recebem novas intervenções: Abraveses, Bodiosa, Santo-Êvos, Mundão e Calde. Nesta última, a criação artística será constituída por uma instalação alusiva às tradições da tecelagem local, ligadas ao linho. “A descentralização artística e cultural é, cada vez mais, uma realidade de Viseu”, constatou o Presidente da Câmara.

Já no centro da cidade, a paisagem pintar-se-á de novas cores num dos parques da cidade, nas ruas Direita e Dom António Alves Martins (muro junto à PSP), no Bairro da Balsa e na Porta de São Mateus.

O street art lançará ainda reptos à população, a jovens e visitantes. Godmess e DRAW partilharão segredos da pintura mural num workshop para todas as idades. Está ainda reservado um workshop com o curador do festival para alunos de artes do ensino secundário.

A programação reserva ainda conversas em torno da arte urbana, num diálogo próximo entre público e criadores. Conversas à parte, será também tempo de partir à descoberta dos “postais” que fazem o roteiro. Seja a bordo do comboio turístico, a pedalar de bicicleta, em jipes todo-o-terreno ou numa caminhada.

“Será uma programação com múltiplas propostas, muito movimento, muita adrenalina para viver a cidade e o campo”, assinala o Vereador da Cultura.

O cartaz musical assume uma veia alternativa e promete não desiludir! A estrear o grande palco do Mercado 2 de Maio estará o duo viseense Gallo Cant’Às Duas, a 17 de maio. A sexta-feira e o sábado, dias 18 e 19, trazem noites com muito girl power, pelas vozes das artistas Da Chick e Capicua na Fonte das 3 Bicas.

“No Sundays”, “The Town Bar”, Rocha “The Rock”  “Gryzller” e “4Coustic” garantem a animação musical dos finais de tarde, a par do DJ Fernando Alvim e Ary Rock, que encerram as noites primaveris.

Simultaneamente, o evento propõe ainda um mix de eventos enoturísticos e de animação no Centro Histórico, com especial destaque para a praça do Mercado 2 de Maio, o ponto de encontro de viseenses e amigos de Viseu.

No “Entre Aduelas”, o meeting point de todos os wine lovers, garantem presença enólogos e produtores do Dão que apresentam e põem à prova uma seleção refinada dos néctares mais frescos do ano. Uma das novidades do espaço será assegurada por um Wine Bar, no centro do Mercado, com um mix de cocktails e vinhos a copo. Os workshops vínicos terão lugar com alguns dos mestres dos terroirs vinhateiros.

Uma nova mesa interativa “made in Viseu” despertará novas experiências de contacto com visitantes, levados a descobrir os segredos dos vinhos e as identidades das quintas do Dão.

O lado trendy do evento estende-se também à vertente gastronómica. Uma praça de alimentação ganhará forma no piso superior do Mercado 2 de Maio com vários operadores de street food. Já na cota inferior do Mercado, instala-se o restaurante QB Events, pelas mãos do Chef Luís Almeida.

Estarão também representados os sabores da região, do mel aos chás, dos enchidos aos doces. Para aqueles que procuram descobrir os segredos da gastronomia, haverá workshops temáticos na praça.

Para as famílias acompanhadas dos seus petizes, o evento tem preparado um conjunto de atividades e oficinas criativas, para dar asas à imaginação, ou espetáculos infantis, para despertar bons sorrisos e gargalhadas.

O Festival de Street Art “Tons da Primavera” é uma iniciativa promovida pelo Município de Viseu, com produção executiva da VISEU MARCA e a parceria da Comissão Vitivinícola Regional do Dão (CVR do Dão). A GALP e a Litocar são patrocinadores oficiais do evento.