Voltar

2017 será “Ano Oficial para Visitar Viseu”

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, irá à BTL inaugurar o primeiro stand da cidade no certame e declarar o ano de 2017 como “Ano Oficial para Visitar Viseu”. É na quarta-feira, 2 de março, pelas 11 horas.

Segundo o autarca, “a iniciativa visa criar uma nova e maior notoriedade de Viseu junto de turistas e visitantes, num especial momento de dinâmica e renovação cultural, turística e criativa da cidade.”

“Posicionar” Viseu enquanto “destino feliz” e seduzir mais turistas com uma estadia mais longa são os objetivos da estratégia em que se insere a campanha. A acessibilidade e a posição geográfica estratégica de Viseu no Centro-Norte do país serão também um dos fatores a valorizar.

Almeida Henriques acredita que “Viseu está no ponto ideal para ser redescoberto como destino turístico de excelência”, dispondo de “fortes atributos históricos e patrimoniais, vinhateiros, ambientais e qualidade de vida”. “Somos uma cidade de escala humana, com 2500 anos de história, que se renova e surpreende”. 

O Município de Viseu e a associação de marketing territorial “VISEU MARCA” destacam ainda o significativo potencial turístico por concretizar no concelho, que dispõe de 1500 camas na hotelaria de 3, 4 e 5 estrelas, Turismo de Habitação e Rural, representativa de cerca de 65% da oferta total da região de Viseu Dão Lafões.

Entre 2013 e 2014, Viseu registou um aumento de mais de 16 mil dormidas, num total de 138 mil. Apesar desse crescimento, a taxa de ocupação hoteleira situa-se ainda em 24%, que compara com a média regional de 28% e nacional de 42%.

Também a estadia média registada em Viseu é visada nos objetivos da estratégia local. Atualmente situada em 1,7 noites (de 82 mil turistas), compara com as 1,8 noites da média regional e as 2,8 noites da média do país.

Aumentar os fluxos turísticos em segmentos estratégicos e aproximar a estadia das 2 noites são metas assumidas a médio e longo prazo. Para Almeida Henriques, “estes são desafios importantes, que reclamam trabalho persistente e o envolvimento das entidades responsáveis e dos operadores locais”.

A ideia de um “Ano Oficial” é inspirada num caso internacional asiático e a campanha será apresentada a partir do último trimestre de 2016.

Cidade de Viriato, Cidade-Jardim, cidade vinhateira serão os principais atributos da comunicação turística, associada a uma agenda anual de eventos, com destaque para a Feira de São Mateus, enquanto grande certame histórico popular.