Voltar

Viseu mostra autenticidade e talentos nas Festas Populares da cidade

900 marchantes fazem as Marchas Populares este sábado. Festa das Freguesias, Marchas e Cavalhadas integram um cartaz reforçado, entre 16 e 24 de junho

No “Ano Oficial para Visitar Viseu”, as tradições populares e culturais da cidade de Viriato saem à rua entre os dias 16 e 24 de junho. São as “Festas Populares” de Viseu, que incluem no seu cartaz a Festa das Freguesias, as Marchas dos Santos Populares e as seculares Cavalhadas de Teivas e de Vildemoinhos. A aposta é “reforçada”, nas palavras do Presidente da Câmara, Almeida Henriques.

O arranque das festas é já esta sexta-feira, 16 de junho, no Parque Aquilino Ribeiro, com a Festa das Freguesias, uma verdadeira mostra da identidade local do concelho. Durante três dias, e até domingo, dia 18, as 25 freguesias de Viseu fazem-se representar no coração da cidade, num espaço dedicado à promoção da sua identidade, etnografia, gastronomia e património.

Pelas 19H30 de sexta-feira, um desfile etnográfico desce do Adro da Sé à entrada do Parque da Cidade. Participam cerca de 800 pessoas, entre 36 grupos de folclore, música tradicional, bombos e bandas filarmónicas do concelho.

De regresso à Festa das Freguesias está também o concurso “Sabores & Aromas Tradicionais de Viseu”, que se realiza no sábado, dia 17, pelas 16H30. Nesta edição, a mostra de sabores será posta à prova pelo Chef Hélio Loureiro, que integra o júri para a eleição das melhores iguarias.

Para o Presidente da Câmara,“a Festa das Freguesias é um cartão-de-vista da riqueza e da diversidade local e um emblema do associativismo”.

A noite de sábado é definida pela cor e animação das Marchas Populares, a partir das 21H30. Nove grupos marchantes concorrem e desfilam pela Avenida 25 de Abril, rumo ao Rossio, mostrando diante do público os seus trajes, coreografias e canções. O “Ano Oficial para Visitar Viseu” é o tema central desta edição, que conta com a participação de cerca de 900 pessoas, entre marchas seniores, juvenis e infantis.

“Estamos a alcançar um padrão de qualidade e inovação muito elevado nestas realizações. Há uma comunidade criativa e muito empenhada na sua preparação”, nota Almeida Henriques.

A APPACDM de Viseu estreia-se no desfile das Marchas, cuja abertura estará a cargo da Associação Cultural Império da Ilha, uma das duas marchas convidadas, vinda da Madeira. Depois de desfilar pela Avenida da Liberdade, em Lisboa, na noite do dia 12, a Associação Folclórica, Cultural e Recreativa Verde Gaio de Lordosa encerra as Marchas Populares de Viseu, também como marcha convidada.

Seguem-se as já seculares Cavalhadas. Domingo, dia 18 de junho, pelas 15 horas é a vez da povoação de Teivas, que traz ao centro da cidade o cortejo de carros alegóricos, acompanhados por grupos de bombos e fanfarras, e a tradicional “Dança da Morgadinha”. “Sentir Viseu” é o mote do desfile.

As Cavalhadas de Vildemoinhos encerram o cartaz das Festas Populares de Viseu, a 24 de junho, dia de São João. O desfile terá início pelas 9 horas. Este ano, a comissão organizadora promove ainda o “Concurso das Varandas Enfeitadas de São João”, convidando toda a comunidade a colocar mãos à obra na decoração a rigor das suas varandas, portas e janelas.

O Presidente da Câmara destaca “o cartaz cultural feito de autenticidade”. “As festas populares de Viseu são uma representação viva das tradições locais, mas também uma realização dos talentos locais em diversas expressões. Neste ‘Ano Oficial para Visitar Viseu’ desafio viseenses, visitantes e turistas a viver a nossa identidade”, afirma.

PROGRAMA COMPLETO