Voltar

Biblioteca Municipal de Viseu quer imprimir nova dinâmica em 2019

Reativação da histórica biblioteca no Jardim Tomás Ribeiro, um grande Mercado do Livro, o Plano Municipal de Leitura e Escrita e a plataforma digital das bibliotecas escolares são algumas novidades. Duas grandes exposições marcam o ano 

Esta quinta-feira, dia 21 de março, a Biblioteca Municipal D. Miguel da Silva apresentou, pela primeira vez, a sua programação anual para 2019. 

No momento, o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, não escondeu “o objetivo de projetar uma nova ambição para esta instituição municipal, dentro e fora de portas”.

“Temos de tirar mais partido deste equipamento, agora ampliado com uma nova sala de leitura, assim como do seu património bibliográfico e da sua vocação cultural e educativa”, sublinhou. 

Segundo o Vereador da Cultura, Jorge Sobrado, “em 2018, foram cerca de 90 mil os utilizadores da Biblioteca Municipal. Com capacidade reforçada e com uma nova ambição e intensidade na programação em 2019, assumimos o objetivo de tocar a meta dos 100 mil utilizadores.” 

Mas não só: a Biblioteca Municipal D. Miguel da Silva elege também de forma mais clara uma missão: a de fomentar hábitos de leitura em toda a comunidade do concelho, democratizando mais o acesso ao livro e promovendo o gosto pela escrita. 

A reativação da histórica biblioteca do Jardim Tomás Ribeiro e do serviço de verão do BiblioBus; a organização do “1º Mercado do Livro de Viseu” e o lançamento em 2019 do “Plano Municipal de Leitura e Escrita” são algumas das 12 apostas apresentadas, com aquele objetivo. 

O 25 de Abril e as comemorações da Revolução justificam especial atenção na Biblioteca Municipal, com ações pedagógicas e de sensibilização para públicos escolares, mas também a organização de conferências. 

Duas exposições principais marcam o calendário neste ano. A primeira será dedicada à odisseia do mangualdense João Ferreira de Almeida (Sec. XVII) na sua expedição à Indonésia e no empreendimento de tradução inédita da Bíblia para português. Numa parceria com a Sociedade Bíblica Portuguesa, esta exposição, patente entre Junho e final de Setembro, assinala ainda os 200 anos da publicação dessa tradução da Bíblia em Português. A segunda exposição será dedicada a apresentar e explorar alguns dos valores patrimoniais do “Fundo Antigo” da Biblioteca Municipal. 

No plano da inclusão, destaca-se ainda a participação no Concurso de Escrita Criativa Inter-Prisões, dinamizada pela Biblioteca Municipal no Estabelecimento Prisional de Viseu.

A tecnologia marca também o ano na Biblioteca Municipal. Em curso está o desenvolvimento da Plataforma das Bibliotecas Escolares de Viseu, que permitirá uma gestão em rede e integrada dos mais de 11 mil recursos ligados a 16 escolas. 

Consulte aqui o Dossiê de Apresentação da Programação Anual da Biblioteca Municipal de Viseu, que será atualizada progressivamente no site do Município de Viseu, em www.cm-viseu.pt, e em www.visitviseu.pt.