Voltar

Luz, fotografia e tecnologias da imagem eletrizam Museus Municipais de Viseu em 2020

Conheça AQUI a programação dos Museus Municipais para 2020 

 

Pedro Cabrita Reis “instala” luz elétrica na Quinta da Cruz.

Fundação ALTICE descentraliza grandes nomes da fotografia até ao Centro de Arte Contemporânea.

Museu de História da Cidade lança “arquivo fotográfico comunitário”. Polo Arqueológico digitaliza-se e joga.

Almeida Moreira é o 1º Marketeer.

Na sua casa, a Beira Ilustre apresenta-se. Museu do Quartzo quer ver os minerais e, agora, as estrelas.

“EntreMuseus” é o novo serviço de mediação com escolas e não só.

Museu Keil Amaral vence os fantasmas e abre as suas portas na Casa da Calçada.

Inventário avança em todas as oito casas.

Em 2020, os Museus Municipais de Viseu “eletrizam-se” e renovam propostas de exposição, criação, aquisições e serviço educativo – e respondem ao repto da iniciativa “Viseu 2020. Luz, Câmara, Ação”.

E em 2020, espera-se novo recorde de visitantes: 50.000.