Voltar

Este Natal, Rua Direita recebe exposição-tributo a Aristides de Sousa Mendes

Exposição coletiva de Arte Contemporânea inaugura este sábado, dia 12, na loja nº214, e poderá ser visitada até ao próximo dia 6 de janeiro
 
Este sábado, dia 12 de dezembro, pelas 11 horas, a loja nº 214 da Rua Direita, em Viseu, abre portas a uma nova exposição itinerante, intitulada “SER Consciência...30/1000 por 1VIDA"- Caminhos da MEMÓRIA, no âmbito da programação cultural do VISEU NATAL.
 
Na inauguração marca  presença o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, António Almeida Henriques, o Vereador da Cultura e Património do Município de Viseu, Jorge Sobrado, e os curadores da exposição, Josefa Reis, Dores do Carmo, Graça Barros Abreu e Victor Costa.
 
A exposição “SER Consciência...30/1000 por 1VIDA"- Caminhos da MEMÓRIA insere-se no projeto UNESCO “Dever de Memória – jovens pelos direitos humanos”, do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, em parceria com a Câmara Municipal de Carregal do Sal, Junta de Freguesia de Cabanas de Viriato e Fundação Aristides de Sousa Mendes.
 
Esta exposição revela um conjunto de obras de vários artistas, entre eles alunos e os artistas plásticos Josefa Reis e Victor Costa, em tributo a Aristides de Sousa Mendes, abordando o seu papel e contributo nas temáticas do Holocausto e dos Direitos Humanos. Conta com várias pinturas, uma escultura e uma instalação que não são mais que uma interpretação e o olhar de cada um dos artistas intervenientes em relação ao próprio Aristides e aos seus valores: altruísmo, fé, solidariedade e humildade - valores estes que guiaram o Cônsul português na libertação de inúmeros judeus.
 
Neste dia, pelas 14H30, no Hotel Grão Vasco, António Moncada Sousa Mendes, neto de Aristides, realizará ainda uma palestra relativa à obra da sua autoria “Aristides Sousa Mendes – Memórias de um neto”. Uma oportunidade única de ouvir as histórias em torno da vida e personalidade desta figura tão importante na história do país. A participação nesta palestra é sujeita a inscrição prévia, a qual deve ser realizada para o email eventos@cmviseu.pt.
 
Tendo em vista o cumprimento de todas as normas estipuladas pela Direção-Geral de Saúde, nomeadamente de distanciamento social, a participação na inauguração da exposição é limitada. O uso de máscara é obrigatório, assim como a respetiva higienização das mãos, estando para isso ao dispor equipamentos de desinfeção no espaço.