Museu do Linho de Várzea de Calde

Na aldeia de Várzea de Calde, a cerca de 12 km de Viseu, a arquitetura popular da Beira Alta serve de cenário para o Museu do Linho. Aqui é recriado o quotidiano agrícola da região, em áreas como o pátio de serventia, os currais, o lagar, a adega, a cozinha tradicional, o forno caseiro e até o lugar reinventado do tear. Nesta região, as raparigas aprendiam cedo a fiar e as casas de lavoura integravam quase sempre um tear. No Museu, a salvaguarda e preservação da tradição do linho e da lavoura tradicional estão presentes enquanto cultura identitária da região.

 

Exposição temporária

Ligações com Alma

Até 31 de dezembro de 2022

Esta mostra é composta por cinco painéis de linho artesanal de Várzea de Calde, nos quais foram cuidadosamente aplicados diversos materiais genuínos do concelho de Viseu, como as pedras de Quartzo e as peças de Estanho. Os quadros podem ser contemplados nas diversas salas do Museu.